Você É Um Vendedor Ou Um Solucionador de Problemas

Dica de Hoje

VOCÊ É APENAS UM VENDEDOR OU UM SOLUCIONADOR DE PROBLEMAS ?

Dentre várias atitudes que podem ser adotadas, vou sugerir algumas, mas que já fazem a grande diferença entre apenas ser só um vendedor ou um solucionador.

▶ A PRIMEIRA IMPRESSÃO QUE FICA ◀

Pra ter sucesso em vendas, é fundamental a aparência e o comportamento do profissional. Infelizmente, nem todos têm a preocupação de cuidar da imagem pessoal, contribuindo para afugentar(perder) os clientes. Além do mais, muitos relaxam no comportamento quando estão diante dos clientes.

Uma boa aparência, aliada a fatores como educação, respeito, profissionalismo, simpatia, disposição de ajudar, entusiasmo etc., conquista clientes. Pois todas as pessoas valorizam profissionais que saibam lidar com gente, sobretudo os que personalizam o atendimento.

▶ ADAPTAR-SE AO COMPORTAMENTO DE CADA CLIENTE ◀

As pessoas têm personalidades diferentes e um vendedor ou o solucionador tem que ter a capacidade de perceber isso. Muitos profissionais se dão mal nos relacionamentos e abordagens porque não possuem a capacidade de adaptação e querem tratar todos os clientes da mesma maneira.

Para ser bem-sucedido, é de suma importância identificar os tipos de comportamentos de cada cliente, sendo necessária a observação durante a abordagem para descobrir algo sobre a pessoa com quem está lidando, sem, contudo, ser invasivo.

▶ NÃO SEJA APENAS MAIS UM VENDEDOR ◀

A maioria dos profissionais está mais preocupada apenas com o fechamento da venda, que faz parte do processo e é resultado do somatório de pequenas e importantíssimas tarefas.

É fundamental que o solucionador saiba identificar necessidades e desejos para supri-los com os benefícios do seu produto, além de prestar um excelente serviço e atendimento durante todo o processo. O fechamento da venda é apenas o início de um relacionamento que poderá dar continuidade ou não, dependendo da atitude após a venda.

▶ O PREÇO NÃO É FATOR MAIS IMPORTANTE ◀

Insistir no discurso de preço baixo é coisa apenas para amadores, pois o solucionador trabalha com valor agregado. E o cliente só fica convencido de que o produto tem valor quando percebe utilidade, vantagens e benefícios. Do contrário, com certeza, o preço não será justificado e o produto fica caro, desestimulando o cliente a comprar.

▶ SEJA UM VERDADEIRO PARCEIRO DO SEU CLIENTE◀

Esse pra mim é o mais importante. Parceria não deve ser apenas promessa para fisgar o cliente e depois ficar no esquecimento. É de suma importância o comprometimento do solucionador, já que o cliente compra em primeiro lugar a sua credibilidade. Sua reputação não deve ser abalada em hipótese alguma com promessas que não serão cumpridas. A duração dos relacionamentos com os clientes serão proporcionais ao nível de credibilidade do tal solucionador.

▶ NÃO FAÇA PARTE DOS GRUPOS RECLAMADORES ◀

A reclamação não leva o profissional a lugar nenhum, a não ser ao afastamento do cliente. Adotar a postura defensiva, culpando a empresa, superiores, concorrentes, mercado, crises etc., pelo insucesso reflete negativamente no próprio vendedor, pois não passa de uma demonstração de fraqueza. O cliente não está interessado nos problemas dos outros, mas sim na solução dos seus, que é a principal função de um solucionador, desempenhada com maestria apenas pelos profissionais de vendas de verdade e bem-sucedidos.

Se você se identificou deixe seus comentários e sugestões.

Classifique este conteúdo